BLOG


Que tipo de pessoa você é? Quem você tem sido?

generosidadeGenerosidade é a disposição de ajudar as pessoas, mesmo que não as conheçamos. A alma generosa traz dentro de si um sentimento de ajuda ao próximo, pois a semente da generosidade está dentro de nós.

Muitas vezes vemos os sofrimentos alheios, nos emocionamos ou nos compadecemos, mas nada fazemos, somos apenas meros espectadores. Que tipo de pessoa, cristão, líder, esposa, esposo, mãe, pai, filha, filho você tem sido?

Hoje, na sociedade, vemos três tipos de pessoas:

a) Consumidores – são pessoas que recebem, mas nunca doam. Amam receber presentes, mas nunca semeiam. Preocupam-se somente com o que podem tirar dos outros.

b) Negociadores – são os que recebem primeiro, para depois darem. Só pensam na troca, sempre negociam. Nunca dão o primeiro passo, pois são inseguros. Têm medo de serem generosos e consequentemente abusados.

c) Investidores – são os que se doam, independente de receber. Não geram expectativas. Entendem que as pessoas têm um grande valor. Sabem que, ao ajudar o próximo, estão investindo em sementes eternas. Creem que ajudar os outros é uma missão divina.

Generosidade é atitude em ação, algo para ser vivido no dia-a-dia. Você já perguntou para alguém hoje, “o que posso fazer para lhe ajudar?”. Faça o bem para que seja feliz! A alma generosa é feliz!

Cinquenta Tons de Preto- Uma geração insensata!

Bispa Lucia fala do cinquenta tonsTenho visto com ares de absurdo, como a mídia está espetacularizando o filme “50 tons de cinza. Antes de fazer tais colocações, fui ler a respeito do livro e do filme que em sua semana de estreia nos Estados Unidos, já arrecadou cerca de R$ 94 milhões de dólares, cerca de R$ 266 milhões de reais. A trilogia que vendeu 100 milhões de cópias conta a história da estudante Anastasia Steele, virgem, que se apaixona pelo milionário, lindo e inteligente, Christian Grey! Até aí tudo bem, não seria este o sonho da maioria das jovens? Só que este “deus grego” possui um pequeno “defeito”,  é sadomasoquista e certamente misógino.

O filme mostra uma relação doentia de um homem bonito, que machuca as mulheres, e abusa emocionalmente delas. E como psicóloga não poderia deixar de expressar meu repúdio quanto a apresentação do filme! Passando uma mensagem que o amor doí, mais do que isto, machuca! Fazendo da sua vida romântica algo trivial que deveria ser especial!

E a sociedade pós moderna está lá, vangloriando, e estimulando os jovens a serem irresponsáveis e burros!  Geração insensata! Foi isso que Jesus falou, geração estúpida. Quando você vê, parece maravilhoso, um homem bonito, rico, carro possante, helicóptero, uma moça linda, virgem. Se fosse na vida real, será que teria um final feliz? Presumo que não porque amor desse jeito adoece.

Os jovens andam confusos sobre o amor porque andam confundindo amor e sexo. Não se sabe mais amar sem a sexualidade. O relacionamento é muito mais voltado para os órgãos genitais, do que para o que está dentro do coração da pessoa. O relacionamento é muito mais fisiológico. Daí os jovens não sabem mais o que é o amor, estão confusos, fazem escolhas erradas e sofrem. Se afastam do outro, entram em depressão. Começam a achar que o verdadeiro amor machuca, trai e aparece o “50 Tons de Cinza”, que aliás, devia ser preto.

O mundo inteiro está achando o máximo a relação doentia do casal. Fui ler muito sobre o tema, vários artigos, e vi que grandes psicólogos, psiquiatras, pensadores, pessoas centradas estavam dizendo que o filme está destruindo o pouco da ideia que restava do jovem sobre o amor, infelizmente. A mensagem intoxicou os nossos jovens! Eles querem o seu dinheiro, estão violando você.

Não permita ser manipulado! Sou psicóloga e atendi milhares de pessoas quebradas por dentro. Gente com feridas ocultas. Que aparentemente estavam alegres, felizes, bem posicionadas na vida, bonitas, mas ocas. Por quê? Idealizam demais, são inseguras, projetam no outro a razão da sua felicidade. Amores doentios.

Pai, mãe não permita que esse filme chegue à seus filhos. Não permita ser manipulado por um amor irreal, que machuca, abusa, que mostra um amor perturbador. Uma relação nunca pode incluir violência. Uma relação precisa ser baseada no respeito mútuo e genuinamente no amor e, este, saudável!

Acabou o Carnaval e agora? Como enfrentar a ressaca?

balada-abe88O Carnaval acabou, muitos aproveitaram as baladas regadas à drogas e bebidas alcoólicas com a falsa ilusão de que agindo assim seriam felizes, mas aí chegou a quarta-feira de cinzas e com ela a ressaca moral. E agora? O que fazer?

Muitos jovens têm vivido hoje de maneira errada e inconsequente, ou seja, sem pensar, sem ter estrutura física, emocional e espiritual para as penosas consequências de suas atitudes erradas. Eles buscam preencher um vazio dentro de si, serem aceitos, chamar a atenção das pessoas, serem amados e valorizados.Tentam encontrar a felicidade por meio dos vícios, drogas, bebidas, pornografias, sexo ilícito, relacionamentos errados e tudo mais.

Porém,  após esse dia de puro prazer, vivem o “Dia da Ressaca”. O momento em que o prazer temporário acabou, a felicidade não foi encontrada, o “pecador” se sente um lixo, cheio de culpa e infeliz. A ressaca da qual estamos falando, vai além daquela que todos conhecem, que vem após uma noite de muito prazer. Estamos falando das consequências de uma vida no pecado, completamente longe de Deus e do seu propósito. A ressaca comum é um aviso do organismo para que paremos de destruir nosso corpo e comecemos a cuidar dele, pois ele não foi feito por Deus para o álcool e nem para as drogas. Por isso sentimos dores de cabeça, vomitamos, temos sede intensa, ficamos tontos etc, pois nosso organismo está pedindo uma desintoxicação.

Assim também, existe a ressaca espiritual, que é evidenciada quando mergulhamos no pecado e, em algum momento, nos sentimos sujos, cheios de culpa, de dor, rejeitados, solitários, abandonados pelos até então considerados amigos e completamente longe de Deus.

Nesse momento de sofrimento, é propício refletir, e perguntar a si mesmo: Será que sou feliz? Será que sou amado por e aceito por alguém? Será que este é o propósito de Deus para minha vida? É para isso que existo? Esse é o momento de descobrirmos que existe solução.

Talvez você seja um jovem que vive sofrendo com dias de ressaca, mas hoje é o dia de enxergar a solução em Deus para a sua vida. Hoje a voz de Deus está lhe chamando para cair em si, se arrepender e confessar. Você está tendo a grande oportunidade da sua vida de enxergar e obter solução para sua vida!