NÃO FAÇA DOS SEUS DISCíPULOS SEUS SERVOS PESSOAIS

Em nossas relações de liderança há vários aspectos que precisam ser observados e que necessitam de cuidados, para que não venhamos a cair no erro e levemos ao outro a amargura. Na relação líder e liderado é preciso tomar cuidado com o abuso de autoridade. Você perde o seu lugar quando abusa da sua autoridade. Quando usa dela para humilhar os outros. Você não está servindo quando está humilhando. Ninguém reage bem quando está sendo humilhado.

As pessoas reagem a elogios e apoio. Você acha que está fazendo certo ao humilhar o outro porque foi assim que te ensinaram em casa, seus pais falavam alto, gritavam e te xingavam, mas isso não te ajudou em nada. Se você estiver em uma fase difícil, fique em casa. As palavras por favor e obrigado, nunca serão demais. Se nunca teve isso na sua casa, está na hora de aprender. Somos escravos de Jesus, não somos escravos uns dos outros. Somos escravos por amor.

Outro detalhe que devemos estar atentos, você dá atenção aos discípulos? Você os conhece? Conhece os sonhos, as angústias? Eles tem um sonho pessoal. Não se deve fazer dos discípulos seus servos pessoais, eles não são seus servos pessoais. Muitas vezes eles querem nos ajudar e nós recebemos, mas não façamos disso um hábito. Não que ele não possa te ajudar, mas ele precisa cuidar das coisas dele, dos sonhos dele. É difícil dizer não para o líder, mas as vezes isso será necessário.

Quando você não elogia o seu discípulo acaba o desmotivando, não o dando reconhecimento. Ninguém é imune a um elogio sincero. Todo mundo precisa ser elogiado e reconhecido. Mas o elogio é biodegradável. O elogio fortalece a autoestima. Se você cresceu sem receber reconhecimento é por isso que está cheio de feridas.

Líder, esteja atento as suas tarefas. É errado ser centralizador. O verdadeiro líder delega, ele não é delegado. Divida o fardo. Liderança exige atribuição de tarefas, dar autoridade das tarefas, prestação de contas da tarefa e incentivo. Muitas vezes a forma como estamos fazendo a obra de Deus está atrapalhando a obra de Deus na vida do seu discípulo.

O verdadeiro líder é digno de confiança, é aquele que lidera sem vontade de liderar. Quando você estiver com dúvidas sobre a sua liderança, pois faz parte ter dúvida, saiba que ela pode estar sempre presente, pode ser o seu limitador, mas quando a fé aparece ela vence a dúvida.