E a sua autoestima, como vai?

Você sabia que muitas mulheres não têm ânimo nem para levantar da cama? Olhar-se no espelho torna-se uma tarefa árdua, pois a não aceitação da própria aparência é algo mais comum do que se possa imaginar. Por isso, possuir uma boa autoestima é o segredo do seu sucesso profissional, amoroso, ministerial e familiar. Amar e ser amada é algo muito importante e necessário para nós.

“Então o anjo do Senhor veio, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o salvar dos midianitas. Então o anjo do Senhor lhe apareceu, e lhe disse: O Senhor é contigo, homem valoroso. Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém agora o Senhor nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas. Então o Senhor olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te enviei eu? E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai. E o Senhor lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem”. Juízes 6:11-16

Esse texto da Bíblia enfatiza a autoestima. Deus fala com um jovem que trabalhava escondido em um tanque de vinho, pois os inimigos que haviam sitiado Israel saqueavam todos os seus bens e mantimentos.

Em nossos dias, esses midianitas são nossos inimigos internos e externos, os quais são alimentados por nós, dia e noite, sem que percebamos. Mulher, você precisa aprender a calar a voz desses inimigos que falam aos seus ouvidos e coração. A fonte da nossa autoestima não está no que fazemos, mas no que somos. Essa fonte está em Deus que nos criou para um propósito, e precisamos compreender isso para conseguir cumpri-lo. Nosso valor está em Jesus Cristo, e o Seu nome em nossos lábios e Sua presença em nosso coração são as motivações que podemos ter.

Quando o anjo do Senhor chega a Gideão, Ele o chama de “homem valente” e de “guerreiro”. Essa passagem mostra como Deus o via. Mas Gideão não se sentia valente nem guerreiro para cumprir a missão. Da mesma forma, não devemos nos abater diante de todos os desafios que nos aparecem diariamente, pois eles parecerão sempre maiores do que nós e impossíveis de serem derrotados. O anjo desafia Gideão que arruma desculpas para se esquivar de sua missão, como nós também fazemos. Mas o Senhor lhe mostra que ele não era quem pensava ser só porque pertencia a uma família sem recursos. Essa história se repete nos dias de hoje. Da mesma forma, o Senhor nos chama de mulheres valentes e guerreiras, pois Ele está conosco. Nós não somos nada, mas nosso Deus é tudo e Ele está conosco.

A Palavra de Deus vem ao coração de Gideão para fortalecê-lo e levá-lo a quebrar os preconceitos e a visão errada que tinha de si mesmo. Por isso, Precisamos nos enxergar como somos, embora às vezes tenhamos muita dificuldade de nos ver como Deus nos ver. Sem uma base sólida de autoestima não teremos vitória na vida profissional, emocional, familiar e social. Muitas vezes, as pessoas pensam que a autoestima está vinculada ao egocentrismo, mas Jesus deixou muito claro em sua definição que o amor a si mesmo não quer dizer egocentrismo, mas amor às outras pessoas.

Também, odiar a si mesmo tem relação com abuso sofrido por outros. Precisamos ser curados disso para conseguirmos nos amar e amar a outros. Assim, vou querer o melhor para mim e desejar o melhor para o outro.