Reconhecendo os tipos de líder

Jesus escolheu um grupo de 12 discípulos totalmente heterogêneo: analfabetos, pescadores, cobradores de impostos, céticos, impulsivos e até um ladrão e traidor. O líder deve aprender a trabalhar com os mais diferentes tipos de personalidade. Procure conhecer a personalidade de seus discípulos. Você deve dar direitos iguais a todos, mas relacionar-se com cada um de acordo com sua personalidade.

Existem alguns tipos de líder e é preciso reconhecê-los: O líder político é fácil de convivência, mas, por querer agradar a todos, tem medo de ser rejeitado. Fala sempre o que você quer ouvir e destaca-se em qualquer reunião. É cativante, mas não é um bom ouvinte. Por não aceitar opiniões contrárias a dele, afasta pessoas mais maduras que lhe seriam de grande ajuda. Contrariado, torna-se irado e vingativo. Encobre a verdade para fugir de confrontos e conflitos. Acaba expondo seus companheiros em benefício próprio e por se sentir superior a eles.

O líder perfeccionista tem dificuldades para ser treinado, pois esconde suas fraquezas. Geralmente, ele foi criado em um lar exigente onde foi excessivamente criticado por seus pais. Considera-se superior, mais sábio e capaz que todos. Suscita desavenças no grupo com suas críticas mordazes, pois sente necessidade de provar suas certezas como arma de defesa. Ele precisa procurar seu líder e reconhecer que tem dificuldades para receber orientações e aceitar correção. Sem arrependimento e confissão, mais enfermo e endurecido seu coração se tornará.

O líder inconstante é uma pessoa emocionalmente instável e sensível. Não foi treinado para ser resiliente diante das pressões da vida. Sempre se vitimiza e culpa outros por seus erros. É ressentido, arredio e extremamente pessimista. Está sempre focado no fracasso e torcendo pelo fracasso dos outros também, porque quando ele vê o fracasso, se sente poderoso, porque é como se a profecia dele se realizasse. Ele desiste facilmente das suas metas, desafios e sonhos. Normalmente é uma pessoa retraída, não gosta muito de estar no meio de muitas pessoas.

O líder visionário é impulsivo, agitado, sonhador e otimista. Sabe envolver as pessoas e motivá-las para atingir seus objetivos. Ama desafios e possui energia ilimitada. Porém, pode cansar sua equipe com excesso de novidades e projetos.

Não se sinta mal se você não é assim, porque esse líder dá uma canseira na sua equipe. Ele é muito aberto a novas ideias e tem sempre alguma ideia em mente. É muito impaciente e, por vezes, hostil.

O líder infantil é inteligente e extrovertido, mas se recusa a crescer e a assumir suas responsabilidades de adulto. Sempre buscando alguém para suprir suas necessidades. Fala tudo que lhe vem à cabeça, pois não tem senso crítico. Esse tipo de pessoa sente-se especial e quer ser tratado sempre assim. Não entende que nem sempre dá para ser o centro das atenções.

O líder competitivo acha que tudo que ele faz é melhor. O foco da vida dele é buscar o sucesso a todo custo. Seu maior desejo é ser destaco no grupo e admirado por suas conquistas, nem que para isso ele tenha que manipular resultados. Ele se preocupa mais com os holofotes do que com o projeto. Esse tipo de pessoa não está preocupado com o reino de Deus, mas sim consigo mesma. É alguém individualista, mas que tem ideias originais. São muito críticos de si mesmos e, consequentemente, crítico dos outros.

O líder justiceiro reclama das injustiças do mundo, do governo, das pessoas, do líder e do cônjuge. Seus fracassos são sempre responsabilidade de outros. Tem problemas com metas e regras ou limites. Sente dó das pessoas e acha que nasceu para salvar os oprimidos como ele.