Aprenda a vencer o medo que existe em você!

O medo na medida certa nos preserva do perigo, mas quando descontrolado pode se transformar em fobia destrutiva ao ser humano. Já o temor do Senhor nos fortalece e nos protege contra o pecado.

Existem diversos tipos de medo, entre eles:

  • Medo de doenças;
  • Medo da morte;
  • Medo do futuro;
  • Medo de rejeição;
  • Medo de más notícias;
  • Medo de solidão;
  • Medo de fracasso;
  • Medo do escuro;
  • Medo de casar;
  • Medo de ficar solteiro;
  • Medo de algum animal;
  • Medo de altura

Medo é diferente de preocupação; o primeiro é algo não razoável e o segundo é causado por circunstâncias. A sensação de medo proporciona um estado de alerta em virtude da pessoa sentir-se ameaçada física ou psicologicamente. O medo, também, causa um tipo de perturbação diante da ideia de perigo, irreal ou não. Por outro lado, o medo pode ser positivo ao impedir que a pessoa se exponha a situações extremamente perigosas e arriscadas. Porém, a ansiedade exagerada pode se transformar em fobia que leva ao estado patológico que impede o indivíduo de se relacionar com o objeto de seu medo.

Portanto, o medo tanto pode salvar sua vida como destruí-la; por isso, temos de aprender a lidar com nossos medos e incertezas. Você não deve se preocupar com o medo que o preserva do perigo, mas deve aprender a lidar com o medo que o paralisa ou o leva a fugir de circunstâncias complexas da vida. Esse tipo de medo é o oposto da fé.

Deus nos criou para vivermos com liberdade em todas as áreas de nossas vidas. Ser escravizado por fantasmas do passado que geram insegurança e terror mental é dar ao diabo oportunidade de nos acusar e condenar desnecessariamente. O medo irracional pode ser vencido pelo toque do amor de Deus que lança fora qualquer tipo de medo.

Quem tem medo de desafios precisa aprender sobre seu verdadeiro potencial e valor em Cristo Jesus para aprender a usar o medo a seu favor e tirar ensinamentos de quaisquer circunstâncias complicadas ou negativas. Desistência só leva ao fracasso, mas coragem para enfrentar o medo leva ao crescimento e maturidade.

Quem tem medo de amar e de ser amado usa o isolamento, a timidez, a ironia ou o controle como proteção para não ser ferido. A maioria de nós teme ser criticado, mas precisamos aprender a não levar as críticas para o lado pessoal. Um bom líder sabe que as críticas deve ser dirigidas às ações ou às atitudes da pessoa e não ao indivíduo em si.

Quem tem medo de ser rejeitado usa a insensibilidade como autodefesa. Ele, antecipadamente, endurece seu coração para novos relacionamentos para não ser ferido. Quem tem medo do futuro usa a ansiedade como autodefesa. Ele fica impedido de desfrutar o presente por causa do medo do futuro.