A insegurança te rouba a certeza e a confiança em si mesmo

Feche-os-olhos-e-apenas-sintaSegurança é, segundo o dicionário Aurélio, “certeza, firmeza, convicção, confiança em si mesmo”. Haverá momentos em que a vida lhe exigirá respostas, em que você será confrontada, e nestes momentos o que lhe salvará será sua segurança interior.

O que você faz quando todos dependem de você? Qual foi sua reação quando percebeu que em algum momento da sua vida as pessoas se decepcionaram com as suas decisões? Você desistiu? Ou deu a volta por cima?

Em 1º Samuel 30, podemos aprender com Davi alguns princípios para vivermos com segurança.

a) Busque onde você pode encontrar força – o desespero rouba sua segurança e cega as possibilidades de soluções. A segurança surge exatamente nos momentos de instabilidades; portanto, crie um “escudo protetor”: ore, adore, confesse suas angústias, busque ajuda espiritual.

b) Elimine as causas que geram insegurança – trate logo com as situações, pois o seu tempo de resposta realçará a crise ou a levará a enfrentar e resolver logo a situação.

Procure identificar quais são as situações geradoras de insegurança em sua vida, e trabalhe para superá-las e eliminá-las. Qualifique-se, estude, se exercite, alimente-se, ore – aprenda a se conhecer. Se você não se sente seguro, as pessoas não estarão seguras ao seu lado.

Relacione seus talentos e seus defeitos, peça ajuda aos seus líderes espirituais, busque superar seus sentimentos de insegurança – Deus é a sua fonte de segurança!