Evite mágoas no seu coração, assim você não adoece!

Muitos guardam mágoa de Deus. São mágoas que nem sempre temos coragem de admitir para nós mesmos ou para outros. Culpamos a Deus pela família em que nascemos, por um acidente sofrido, por uma tragédia vivida. Temos que aprender a separar aquilo que é do homem daquilo que é de Deus. Para isso, Ele renova nossos pensamentos assim como fez com o povo de Israel.

O pensamento do povo de Israel era “nascemos para ser escravos”. É o mesmo que dizer: “nunca vamos deixar a posição em que estamos”. E nós: “estou com essa pessoa e ela nunca vai mudar”; “a minha situação nunca vai mudar”; “o meu casamento nunca vai mudar”, etc.

E não vai mudar mesmo! Justamente porque acreditamos que não vai mudar e não fazemos nada diferente. Ou, ainda, dizemos que queremos mudar, mas não colocamos sentimento e fé suficientes para isso. Pensamos que podemos, mas, se não temos fé, descobrimos que nos enganamos.

Quando entregamos nossas mágoas, nos colocamos diante de Deus e nos dispomos a ter pensamentos e sentimentos diferentes; quando os sentimentos forem diferentes aí, então, os pensamentos serão diferentes e as atitudes também. E assim, os efeitos colaterais da cura começarão a acontecer. Não vamos mais adoecer por guardar sentimentos e o corpo não vai mais precisar somatizar para expelir emoções.