Todo relacionamento precisa de atenção

Lembra como vocês faziam no namoro? No namoro vocês tinham conversas intermináveis, iam andando a pé, muitas vezes nem pegavam o ônibus ou o carro só para demorar para chegar e ter mais um tempinho juntos. Por que agora que casaram falam bom dia e boa noite? Lembre-se de que seu cônjuge precisa saber que tem prioridade em sua vida. Ele espera diálogo, espera sinceridades sem criticas diretas, precisa de devolução, precisa de limites, precisa que você fale a verdade,  precisa de devoluções, precisa de limites, precisa que você fale a verdade, precisa ser elogiado afim de se sentir especial pra você.

Todo casal cristão deve jejuar uma vez por mês pelo cônjuge. Eu faço isso. Uma vez por mês e jejuo pelo meu esposo, é importante fazer isso, afinal você jejua por tanta coisa! Então jejue por seu casamento, e naquele dia você vai pensar e falar com Deus sobre o que você pode fazer para ajudar, o que pode fazer para ser apoio e não problema em seu casamento.

Ore com seu cônjuge, interceda, um pela vida do outro, ore pelos sonhos e pelos projetos. Isso faz a diferença em uma vida a dois. Uma frase de um autor anônimo resume bem isso: “O maior gesto no amor conjugal não está nas mãos que se enlaçam, nem nos lábios que se tocam; está nos joelhos que se dobram para uma oração lado a lado”.

Esses são os principais pontos para um casamento feliz. Marido, que você assuma a liderança, as rédeas da família, que compreende e respeita as lideranças de personalidade, de criação, e aceite sua esposa como ela é; que você preste atenção, dialogue, proteja, elogie. E mulher, honre seu marido, lembre-se de que se submeter é aceitar a missão de Deus para a vida dele. Cuide de sua casa, cuide de seus filhos, dos seus projetos, mas não descuide de você e do seu casamento.